Total de visitantes até hoje

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Origem e Formação da Cidade de Nova Londrina

NOVA LONDRINA/PR

AQUI COMEÇOU A HISTÓRIA!!!

Introdução

Os 60 anos de  História de Nova Londrina/Pr

             Nos idos de 1930, essa região era mata fechada, com pouquíssimos posseiros (detentores ilegais e legais de terras), existia um “picadão”, que, partindo do Porto São José, no rio Paraná, nos limites do Mato Grosso do Sul, cruzava as terras circunjacentes do atual Município de Nova Londrina.
          Objetivando a extração e o aproveitamento das madeiras de lei abundantes na região e a exploração de suas terras férteis e ubérrimas, no período de 1947 a 1950, estabeleceu-se ali a Empresa Imobiliária Terras e Colonização Paranapanema LTDA., com sede no Rio de Janeiro, dirigida por José Volpato, Antonio Scandelari e Francisco Puglielli. Foi desmembrada e vendida parte para a Imobiliária Nova Londrina LTDA (onde o sonho começou), e parte para a empresa Colonizadora Marilena LTDA.
          Empreendedores e futuristas, os sócios-fundadores da Imobiliária Nova Londrina Ltda.: Silvestre Dresch, Armando Valentim Chiamulera, Ewaldir Bordim, Leopoldo Lauro Bender e Salim Zaidan, eram de espíritos otimistas, de sonhos magnânimos e arrojados.
           Ao constituírem a Sociedade da Empresa Imobiliária Nova Londrina Ltda., formalizaram um Contrato o qual foi registrado  no Cartório - 2º Tabelionato na cidade de Curitiba/PR, na Rua. Marechal Floriano, nº 65, na data de 01 de agosto de 1950; A Firma foi registrada na Junta Comercial do Paraná sob nº. 19.884, em 03 de agosto de 1950. Estabeleceram na cláusula quarta, dentre outros objetivos, a formação de uma cidade, com o nome de Cidade Nova Londrina (Onde a história começou).
          Os fundadores, desbravadores e visionários, não mediram esforços e bravamente enfrentaram as vicissitudes da época, e com maestria venceram todos os obstáculos para tornar aquele sonho real.
           Palmira Eringe Horsths “Maria Mulata”, chegou em Nova Londrina na companhia de Massaioshi  Ota, Luiz Ota, num caminhão Ford 29 (Pé de Bode), que, enfrentando a estrada boiadeira, quase intransitável, o caminhão fundiu o motor e o câmbio. Abandonaram o carro  e a pé cortaram mata à detro... Chegaram na baixada do Rio Tigre onde tinha um acampamento de pescadores... Maria Mulata é considerada como a primeira moradora da cidade. Abriu o primeiro Restaurante e a primeira Pensão.
          As primeiras casas foram erguidas a custo de muito trabalho, empenho e desejo de realização.  Pioneiros vieram de todos os rincões do Brasil. Cada um trouxe consigo sonhos, entusiasmo e esperança de dias melhores. Tudo isso somou para a construção de Nova Londrina.
          Com a dedicação de sua gente e de pessoas influentes na política local e regional, não tardou, e Nova Londrina passou à condição de Distrito, depois foi elevada à condição de Município e finalmente a de Comarca. Conhecida regionalmente como: Nova Londrina - A Rainha do Noroeste.
          Nova Londrina completará 60 anos de História em 01 de agosto de 2010. Nasceu de um sonho construído à base de muita  luta  dos seus fundadores; extraordinária fé de seus pioneiros;  bravura de seus habitantes e a mão do Criador. Foi formada por  brasileiros de costumes e culturas diferentes e de estrangeiros, que, para cá vieram com um mesmo objetivo: levantar uma cidade onde todos pudessem viver em paz, com fartura, dignidade e melhor qualidade de vida.
          Da Instalação do Município em 1956 a gestão do atual prefeito Sr. Dornelis José Chiodelli, são Treze Legislaturas: Poder Executivo -  catorze prefeitos eleitos através do voto direto e quatro que assumiram mandatos; Poder Legislativo: Constituído de nove vereadores para cada mandato.
          
           "Preservar a história é respeitar o nosso passado."
                    
            Prof. Osmar Fernandes
             Escritor e Historiador


HISTÓRICO DE
NOVA LONDRINA/PR





Etimologia

           Nova - Feminino substantivado de “novo”, que se origina do latim “novu”, e refere-se à novidade, vida nova, notícia de pouco tempo, recente. (ABHF).
Londrina do adjetivo “londrina”. Vem do termo “Londres” que é de origem céltica, no latim ‘’Londinium’’.
          Da velha forma anglo-saxônia ‘’Londino’’, acentuada na primeira vogal, saiu à forma francesa ‘’Londres’’, da qual se derivou o português e o espanhol, no italiano ficou ‘’Londra’’ e no inglês ‘’London’’, Franco de Sá.
          A Língua Portuguesa, 318. Entre os étimos célticos apontados está “ilyn dinas”, que com uma síncope daria “ilynd’nas”. O grupo ndn se tornaria wdr como o latim “lendine” se tornou em espanhol “liendre”. (AN).
ANO 1930

1930 - Antes do ano de 1930, existia um “picadão”...


          Em meio à História do Estado do Paraná, são raros e imprecisos os dados relativos às primeiras notícias de povoamento e colonização da localidade onde se encontra a cidade de Nova Londrina, Estado do Paraná.
          Sabe-se, contudo, que desde antes do ano de 1930, existiu um “picadão”, que, partindo do Porto São José, no rio Paraná, nos limites do Mato Grosso do Sul, cruzava as terras circunjacentes do atual Município de Nova Londrina, para atingir a fazenda Montoya local onde se encontra a cidade de Paranavaí.
          De acordo com as informações obtidas em 1947, alguns sertanejos se instalaram na localidade mais tarde denominada: Patrimônio Marilena, situado na gleba Paranapanema, distante quatro quilômetros da atual sede de Nova Londrina, oitenta quilômetros da sede municipal de Paranavaí e quinhentos e oitenta e um
quilômetros de Curitiba.
           Objetivando a extração e aproveitamento das madeiras de lei abundantes na região, e a exploração de suas terras férteis e ubérrimas no período de 1947 a 1950, estabeleceu-se ali a empresa imobiliária Terras e Colonização Paranapanema LTDA foi desmembrada e vendida parte para a Imobiliária Nova Londrina LTDA e parte para a empresa Colonizadora Marilena LTDA, cujos titulares eram André Luiz Volpato, Amadeu Deniz, Antenor Borba, Índio Brasileiro Borba, e José Abelardo Barros Alcântara.
           A primeira grande derrubada de que se tem notícia foi feita na fazenda Amapuvo. A segunda derrubada procedeu-se na Serraria Areia Branca, de Loureiro Junior LTDA. A terceira derrubada se deu num lugar chamado Rancho Alegre, depois Fazenda Santa Helena.
           No período de quatro anos, a partir de 1947, existiam quatro posseiros, Henrique Palma estabelecido na margem do picadão no Ribeirão Areia Branca do Tucum, José Nitche mais ao interior, Domingos de Tal, a margem do Ribeirão do Tigre e Anastácio Belo que possuía uma derrubada na Areia do Tucum, mas lá não residia.
           Entretanto como os primeiros colonizadores oficiais das terras que constituem hoje o território de Nova Londrina devem ser considerados José Volpato e sua família que eram proprietários de uma área de 25.000 alqueires de terras, situadas dentro da Areia Branca do Tucum as margens do rio Paraná, nas proximidades do Porto São José. Foi, portanto a família Volpato que abriu as primeiras picadas na mata virgem, colocando Marilena, depois Nova Londrina em contato com os demais centros civilizados do Norte Paranaense e, por seu intermédio, dos núcleos nascentes de Loanda, Santa Isabel do Ivaí e Santa Cruz do Monte Castelo.

ANO 1949/1950
 
“ONDE O SONHO SE CONCRETIZAVA"

 Firma Imobiliário Nova Londrina Ltda (sede)



 
          Paranavaí, elevado a distrito em 11 de março de 1949. A partir de 1950, com o espantoso desenvolvimento das diversas regiões do novo progressista distrito, as terras  passaram a ser grandemente, solicitadas.
          Entusiasmado pela procura impressionante das terras da região, um grupo de colonizadores de Londrina, resolveu fundar a Imobiliária Nova Londrina LTDA, com o fim de lotear, colonizar a gleba Paranapanema, fundar uma cidade e tornar promissora as terras adjacentes localizadas no então distrito de Paranavaí, Município de Mandaguari.
         Figuravam como diretores da empresa imobiliária os senhores Silvestre Dresch, Armando Valentim Chiamulera, Leopoldo Lauro Bender, Ewaldir Bordin e Salin Zaidan.
         Registro do contrato de Constituição da Empresa Imobiliária Nova Londrina, ocorreu no Cartório do 2º Tabeleonato de Curitiba, em 01 de agosto de 1950; O registro da Firma na Junta Comercial do Paraná , sob o nº 19.884, em 03 de agosto de 1950.
          Entretanto somente em outubro de 1951 é que foram dados os primeiros passos efetivos para o início da colonização.
ANO 1951
 
 

20/10/1951 - Data considerada de fundação da nova cidade pelos donos da Companhia Imobiliária Nova Londrina
          Segundo o saudaso fundador - Sr. Valentim Armando Chiamulera, sempre frisou para seus  parentes, amigos  intelectuais e demais pessoas que lhe indagava sobre a história de Nova Londrina, inclusive eu (Osmar Soares Fernandes),  que, em outubro de 1951, já existiam diversas casas construídas e muitas outras em processo de construção, o que ele e os seus sócios-fundadores consideram fomo fundada a Cidade de Nova Londrina/PR, a data de 20 de outubro de 1951. Aformava o mesmo que os políticos de Paranavaí só reconheceram este fato um ano depois, ou seja: 20 de outubro de 1952, oque para ele e seus sócios-fundadores,  esse fato não condizia com a verdade.
           Segundo pesquisa de campo, em 1951 foi feito um vídeo pela "Colonizadora Nova Londrina - Ltda.", o que era reproduzido nos cinemas do Brasil, com o objetivo de trazer colonizadores para Nova Londrina-PR. Este fato indubitavelmente, confirma a versão dos fundadores.

Vídeo de 1951 referente  a história de Nova Londrina:
ANO 1952
14/12/1951- foi criado o município de Paranavaí
20/10/1952 - Fundação de Nova Londrina,
14/12/1952 - Vereador de Paranavaí/PR, Representante do Distrito de Nova Londrina

          
Palmira Eringe Horsths - (in-memoriam)

              Em 14 de dezembro de 1951 foi criado o município de Paranavaí e no ano seguinte, foi instalada oficialmente a sede do município, em 14 de dezembro de 1952. O primeiro prefeito foi José Vaz de Carvalho.
         
            Subjetivamente, por parte de alguns representantes políticos de Paranavaí, consideraram a data de fundação de Nova Londrina o dia 20 de outubro de 1952, pelo seu grande desenvolvimento e progresso,  fato este, que já era considerado pelos fundadores exatamente um ano antes, ou seja, 20 de outubro de 1951.
          A companhia foi conseguindo trazer colonos de todos os rincões do Brasil, não tardando também, apareceram os primeiros imigrantes estrangeiros interessados em ali se estabelecerem.
         Mas um exemplo do que ocorreu em outras terras situadas na Colônia de Paranavaí, avidamente procuradas pelas ótimas qualidades e pela posição geoeconômica, não tardaram também a surgir questões entre posseiros e litígios entre pretensos e legítimos donos da terra.
        Foi assim que, em 1952, no local mais tarde denominado “Casa Queimada”, nas proximidades da Areia Branca do Tucum, onde se disputavam os direitos, João Alves da Rocha Loures e José Volpato, foram incendiadas as propriedades. Choques armados tiveram lugar e a região durante muito tempo foi palco de dolorosos acontecimentos.
        Pelas mesmas razões, nas proximidades do quilômetro sessenta e quatro (64), gleba dezesseis (16), da Colônia de Paranavaí, onde a disputavam direitos de posse, Pedro Mariucci de Cornélio Procópio e a Companhia Brasileira de Imigração e Colonização “COBRIMCO”, novos choques armados tiveram lugar.
        Ambas as contendas, porém, foram prudentemente acalmadas pelos órgãos competentes da justiça, que, interferindo na luta, fizeram serenar os ânimos, resolvendo a questão e pondo termo à mesma.
          Enquanto, eram travados acirradamente no âmago do sertão, visando à posse da terra, quando grupos se digladiavam de armas em punho, novas e numerosas levas de colonos e trabalhadores afluíam à gleba, procurando comprar “datas”, no maior e mais movimentado êxodo rural já verificado em plagas brasileiras.
          Paulistas, nordestinos, gaúchos, catarinenses e até imigrantes europeus, japoneses, contribuíram com expressivos contingentes para a colonização e formação de Nova Londrina.
   
  Vereador Alfredo Loureiro Júnior
       Vereador Representante do Distrito de Nova Londrina – 1952, Ver. Alfredo Loureiro Júnior – tomou posse na 1ª legislatura da Câmara Municipal de Paranavaí, 14 de dezembro de 1952, para exercer o mandato, gestão: 1952/1956.
 
ANO 1953
05/08/1953 – Criação do Distrito Administrativo de Nova Londrina - Lei Municipal nº. 13
1953 a 1956 – Nomeado o Subprefeito do Distrito de Nova Londrina
          O Distrito Administrativo de Nova Londrina foi criado pela Lei Municipal nº. 13 de 05 de agosto de 1953, com sede no povoado do mesmo nome, no Município de Paranavaí, quando era prefeito o médico – Dr. José Vaz de Carvalho.
          Com a elevação de Nova Londrina a condição de Distrito, o Prefeito de Paranavaí nomeou para seu Subprefeito o Sr. Edmundo Grabowski, Gestão 30/08/1953 a 06/01/1956, que ficou no cargo até a posse do primeiro prefeito eleito, o Sr. Avelino Antonio Colla.
          Assim, a Instalação do Município de Nova Londrina, deu-se em 06 de janeiro de 1956.

ANO 1954


26/11/1954 – Assinatura da lei que elevou  o Distrito de Nova Londrina à categoria de Município

02/12/1954 - Publicada a Lei de Criação do Município de Nova Londrina

          Pela Lei Estadual nº. 253-54, Art. 1º, § 5º, de 26 de novembro de 1954, aprovada pela Assembléia Legislativa do Estado Paraná, publicada pelo Diário Oficial do Estado do Paraná, em 02 de dezembro de 1954, elevou o Distrito de Nova Londrina à categoria de Município. Era o Presidente da Assembléia Legislativa do Paraná o Deputado Estadual - Sr. Laertes Munhoz. Era Governador do Estado o Excelentíssimo Sr. Bento Munhoz da Rocha Neto.
          O primeiro vigário da Paróquia de Nova Londrina foi o padre José Bevilácqua, que com seu trabalho ajudou a fazer a história do povo nova-londrinense.
          O nome dado à cidade é uma homenagem à cidade paranaense de Londrina, considerado um dos maiores fenômenos em termos de colonização em todo o país.
           Elevado à categoria de Município e distrito com a denominação de Nova Londrina, pela lei estadual, n.º 253,-54, Art.1º,  § 5º, de 26-11-1954, publicada no Diário Oficial em 02/12/1954, foi desmembrado do município de Paranavaí/PR,  fazendo divisas com os Município de Terra Rica, Paranavaí e Loanda. Sede do Município - no atual distrito de Nova Londrina (ex-povoado). Constituído de dois distritos: Nova Londrina e Marilena. Instalado em 06-01-1956.
 
ANO 1955 

 11/04/1955 - Fundado o Nova Londrina Esporte Clube

25/04/1955 - fundação da Escola Municipal Arthur Bernardes

01/07/1955 – Divisão Territorial

03/10/1955 – As Primeiras Eleições Municipais para Vereadores e Prefeito

01/11/1955 – Fundada a Paróquia São Pio X
 Nova Londrina Esporte Clube (N.L.E.C)



        Em  11 de abril de 1955 - foi fundado o NOVA LONDRINA ESPORTE CLUBE, sede Nova Londrina; tem por fim à difusão do civismo e da cultura física, principalmente o futebol amador, podendo, ainda, realizar reuniõpes e divertimentos de caráter social e cultural; CNPJ. nº 77.560.639/0001-56
Escola Municipal Arthur Bernardes -

          Foi à primeira Escola de Nova Londrina, com o nome: "Grupo Escolar Nova Londrina", criado pelo decreto nº. 16.839, de 25 de abril de 1955, que, regularizou seu funcionamento. Não possuía prédio próprio no início. Nesse tempo as aulas eram ministradas em diferentes pontos da cidade, tais como: residências e salões comerciais. Em 1958 passou a funcionar no Pavilhão da Igreja Católica.  Contava com 168 alunos, 08 professores, 01 Diretora. A Profª. Ilda de Almeida foi a sua primeira Diretora, gestão: 1956/1957.
          Somente em 25 de abril de 1958 foi declarado oficialmente fundado, com o nome: GRUPO ESCOLAR ARTHUR BERNARDES.
          Pelo decreto 1966/78 passou a chamar-se Escola Estadual Arthur Bernardes – ensino de 1º grau (Arthur Bernardes em homenagem ao Presidente da República do mesmo nome). Computavam 610 alunos nesse período.
          Depois de muita luta de seus educadores e do prefeito, Sr. Avelino Antônio Colla, passou a ter prédio próprio, inaugurado em 1960.
          Primeira greve de professores aconteceu em 1968. Em 1974 ocorreu a primeira reunião de professores com a (A.P.M.). A primeira comemoração de Aniversário da Escola aconteceu em 25 de abril de 1983, jubileu de prata, era o prefeito o Dr. João de Alencar Barbosa.
          Foi introduzida a pré-escola no ano de 1983. Primeira eleição de Diretoria realizada com a participação de pais de alunos e professores foi em 1984. Primeiro campeonato esportivo aconteceu em 1985. 
          Foi introduzido em seu ensino o CICLO DBÁSICO, abertura de áreas e o projeto – Tempo de Criança – 1988.
          A Escola foi municipalizada pela resolução secretarial nº. 433/32, de 23 de julho de 1992.
Recursos Físicos:
09 salas de 1ª a 4ª séries;
01 sala para Direção;
01 sala para Secretaria;
01 sala de vídeo;
01 sala para documentação;
01 sala de reunião;
01 sala para professores;
01 sala para coordenação;
03 banheiros para professores;
03 banheiros para meninos;
03 banheiros para meninas;
02 almoxarifados;
01 refeitório;
01 dispensa; e
01 quadra de esportes.

          Professores no ano de 1996

           Dagmar de Oliveira; Sirlene; Aparecida; Fátima; Nancy; Silvana; Janete e Ana Neves.
          
           Auxiliares: Helena; Maria Oliva; Verginia e Maria Pilegi.
      Professores da Escola Municipal Arthur Bernardes (Antigo Grupão) da Cidade e Comarca de Nova Londrina, Estado do Paraná, que assumiram mandatos no cargo de "DIRETOR (A)" de 1956 a 2009:
          Ilda de Almeida - 1956/1957; Letícia Venâncio Bazzo - 1958 a 1961; Dinorah de Oliveira Soares Vasques - 1962/1963;  Ondina Cureau Giacobbo - 1964 a 1966; Laura Volpato de Araújo - 1966; Walquíria Canhetti Postigo - 1967/1968; Aidyl Mello de Oliveira André - 1969/1970 a 1973; Nilza Soares de Oliveira - 1970/1971; Kazuo Shikasho - 1974 a 1979; Aidyl Mello de Oliveira André - 1979 a 1984; Maria de Lourdes Fragoso - 1985 a 1987; Lourdes de Oliveira Andrade - 1988 a 1989; Ines Maria Olivo - 1990 a 1991; Gleyde Pereira Freire Bono - 1992 a 1994; Cleonice Ferreira da Matta - 1995 a 2000; Marlene Gonçalves Torres Miller - 2001 a 2003; Enis Gasques Almeida 2004 a março de 2008; Eneil dos Santos Barros - Abril de 2008 a outubro de 2008.

Galeria de fotos de Diretores:



























 








































          
Atual Diretora da Escola - Rozeli Fescaro Ghering gestão 2009 a 2010
01/07/1955 – Divisão Territorial
          Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o Município é constituído de dois distritos: Nova Londrina e Marilena.

03/10/1955 - Eleições Municipais

          Primeira Eleição Municipal de Nova Londrina, 03 de outubro de 1955, para eleger os nove (9) Vereadores do Poder Legislativo e o Prefeito (Não tinha a figura do Vice-Prefeito).
          Obs.: O resultado das eleições consta no ano de 1956.
         
PARÓQUIA SÃO PIO X
Fundada: 01/11/1955

Praça da Matriz, s/n - Fone (44) 3432-1333 e 3432-1782
87 870000 - Nova Londrina - PR
Pároco: Frei Carlos Topanotti  –  Nasc. 16/12/70 - Ord. 12/12/98
Vigários Paroquiais:
Frei  José Arnaldo Schott  -  Nasc. 10/08/1979  
Frei Darci Nelson Berzyvara – Nasc. 02/06/74 -  Ord. 14/08/99
Frei Rosário Pallo – Nascido em 19/11/40  -  Ord. 03/03/69
Frei Valdecir Soares – nascido em 20/10/1978
Capelas:
  • Nossa Sra. Aparecida
  • São Benedito
  • Nossa Senhora de Fátima
  • Vila Rural
  • CERTA – Centro de Recuperação
  • Núcleo Hab. João Paulo I – 180 casas
  • Santa Mônica
  • Irmãs Agostinianas 
ANO 1956

07/01/1956 – Instalação do Município de Nova Londrina/PR, posse dos Vereadores, eleição e posse da Mesa Diretora e Posse do Prefeito Eleito
22/12/1956 a 16/01/1957 - Presidente da Câmara Assume Interinamente o cargo de Prefeito

         
1ª LEGISLATURA DO MUNICÍPIO DE  NOVA LONDRINA/PR - Prefeito Sr. Avelino Antonio Colla - Gestão 07/01/1956 a 06/01/1960.

Referências


                Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
                Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
                Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
                Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000).
                Revista "Nova Londrina 30 anos". Edição: Jornal "Diário do Noroeste". Pvaí,Pr 1986.
                Secretaria de Estado da Cultura - Paraná da Gente - Rua Ébano Pereira, 240 - Centro - Curitiba - Paraná - Brasil - 80410-903 - Telefone: 41 3321-4700 - Fax: 41 3321-4708.

IPARDES – Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social.
Câmara Municipal de Vereadores de Nova Londrina


     Câmara Mun. de Vereadores no ano de 2010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons, Osmar Soares Fernandes, Código do texto: T196989 - Você não pode copiar, nem distribuir, nem exibir, nem executar, somente com autorização expressa do  autor - Prof. Osmar Soares  Fernandes ). Você não pode fazer uso comercial desta obra.