Total de visitantes até hoje

sábado, 30 de abril de 2011

Natália Zilio Pereira - Jogadora de Vôlei da Seleção Brasileira.

        Campeã Olímpica, medalha de ouro, Londres 2012; Ponteira passadora, que defende as cores do Rio de Janeiro e da Seleção Brasileira, nasceu em Loanda-PR, 04 de abril de 1989, mas, foi registrada dias depois em Ponta Grossa-Pr, e quando tinha 30 dias de vida a família se mudou para a cidade de Joaçaba (SC). Filha do ex-jogador de futebol Kuka, revelado pelas categorias de base do antigo Matsubara, e que nasceu na cidade de Nova Londrina. Sua mãe, Lucimar Zilio, é de tradicional família nova-londrinense. Foi lá em Joaçaba que Natália começou a despontar nesta modalidade esportiva.




          Em 2005, depois de participar do mundial de vôlei da China, foi considerada a melhor jogadora infanto-juvenil do mundo.


Natália Zilio Pereira 



Ou simplesmente Natália, é uma jogadora de Vôlei da seleção brasileira , que atua na posição de ponteira passadora (na Seleção Brasileira) e oposta (nos clubes). Atualmente joga pelo time do Rio de Janeiro/SP.

          Em 2009 atuou como titular pela primeira vez na Seleção Brasileira de Voleibol Feminino. Alta e forte a jogadora Natália é bastante conhecida pelo seu alto potencial no ataque, principalmente por aliar força, potência e técnica em suas cortadas no fundo de rede.
          Natália começou a jogar voleibol nas categorias de base de Joaçaba - SC e com tamanho talento, aos 16 anos foi contratada pela equipe adulta do Osasco, através de uma carta de sua mãe enviada para o técnico da equipe do Osasco, pouco tempo depois, o talento da jovem jogadora foi reconhecido. 

No ano seguinte atuou na superliga como titular da equipe. Também integrou a Seleção Brasileira Infanto-Juvenil onde disputou dois Campeonatos Mundiais, conquistando a medalha de ouro e sendo eleita melhor jogadora em ambos e a Seleção Brasileira Juvenil onde também conquistou a medalha de ouro no Campeonato Mundial e foi eleita melhor jogadora do campeonato.

Natália e seu tio Bira
       


    “Natália é um talento do vôlei brasileiro. Vem evoluindo, melhorando e, com isso, todo potencial que ela tem está aparecendo. Se destacar cada vez mais e se tornar uma das melhores do mundo depende só dela ter determinação, garra, concentração em treinos e jogos, cuidados pessoais e com todos os detalhes que fazem com que uma atleta seja uma grande jogadora. Desde que a conheço ela demonstra tudo isso e, sendo assim, acredito que ela está em um bom caminho”, analisa José Roberto Guimarães, técnico bi-campeão Olímpico.





Natália Pereira
campeã olímpica
Natália durante o Grand Prix de 2011.
Voleibol
Nome completoNatália Zilio Pereira
ModalidadeVoleibol indoor
Nascimento4 de abril de 1989 (26 anos)
Ponta GrossaPR
Nacionalidade brasileira
CompleiçãoPeso: 76 kg Altura: 1,83 m
ClubeBrasil Rio de Janeiro
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Olímpicos
OuroLondres 2012Equipe
Campeonatos Mundiais
PrataJapão 2010Equipe
BronzeItália 2014Equipe
Copa do Mundo
PrataJapão 2007Equipe
Grand Prix
OuroTóquio 2009Equipe
PrataNingbo 2010Equipe
PrataMacau 2011Equipe
BronzeOmaha 2015Equipe
Copa dos Campeões
OuroJapão 2005Equipe
OuroJapão 2013Equipe
PrataJapão 2009Equipe
Competidora de Osasco
Campeonatos Mundiais
PrataDoha 2010Equipe
Campeonato Sul-Americano
OuroLima 2009Equipe
OuroLima 2010Equipe
Competidora do Rio de Janeiro
Campeonato Sul-Americano
OuroOsasco 2015Equipe






segunda-feira, 25 de abril de 2011

Estudantes - formandos de 1969 e 1973 em Nova Londrina/PR


sábado, 23 de abril de 2011

INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE & ANTECIPAÇÃO DOS EFEITOS DA TUTELA


        Estou lendo o livro do Dr. Antonio Darienso Martins – Advogado; Mestre em Direito pelo Centro Universitário de Maringá/PR; um trabalho digno dos grandes mestres do Direito. Eu recomendo-o a todo aquele que gosta de uma excelente leitura, pois, o saber é uma fonte inesgotável.
        O livro trata de “INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE & ANTECIPAÇÃO DOS EFEITOS DA TUTELA”. O tema abrange muitas controvérsias na doutrina e na jurisprudência brasileira e estrangeira.
        Partindo dessa premissa, analisa-se o direito do investigante na realização da prova através do exame genético do DNA, frente às limitações apresentadas com a edição da Súmula 301 do STJ, considerando os diversos princípios...

“OS MAIS FORTES DE TODOS OS GUERREIROS SÃO ESTES DOIS: TEMPO E PACIÊNCIA”
                                                                      (Leo Tolstoi)



Livro publicado pela Juruá Editora – Curitiba/PR, 2008, ISBN: 978-85-362-1792-5; E-mail: editora@jurua.com.br Fax (41) 3252-1311 

O Urubu e o menino

sábado, 16 de abril de 2011

O mundo é uma tragédia e nós somos sua comédia".

          Já morreram 100 bilhões e hoje somos 6,7 bilhões de terráqueos

          O homem brinca de ser mal... É raça que mata a outra da mesma espécie por besteiras... Em todos os tempos já morreram mais de 100 bilhões de seres humanos, e hoje somos aproximadamente 6,7 bilhões de viventes.

          Alguns dos marcos do extermínio da Raça humana:

        O dilúvio - É impossível calcular quantas pessoas morreram afogadas no dilúvio. Sabe-se com precisão quantos foram os sobreviventes: apenas “Noé, o pregador da justiça, e mais sete pessoas” (2 Pe 2.5). Essas sete pessoas eram: a esposa de Noé, seus três filhos – Sem, Cam e Jafé – e suas três noras, quatro casais ao todo. Mas os mortos do dilúvio não foram poucos, já que as pessoas viviam muito mais tempo e todos tinham “filhos e filhas” (Gn 5.4, 7, 10 e 13). É muito provável que Noé tivesse outros filhos e não poucos netos, bisnetos, trinetos e tetranetos, já que ele tinha 600 anos quando aconteceu o dilúvio (Gn 7.6). De acordo com The Reese Chronological Bible, o Dilúvio aconteceu no ano 2319aC. Embora não estejamos seguros quanto à data, pois há sérias divergências entre os estudiosos sobre a cronologia dos eventos que se deram antes da chamada de Abraão, de uma coisa temos absoluta convicção: o Dilúvio pode ser comprovado tanto histórica quanto cientificamente. Pois há mais provas acerca deste fato do que, por exemplo, a existência de Homero.
           As cruzadas, de 1096 a 1270, expedições foram formadas sob o comando da Igreja, a fim de recuperar Jerusalém (que se encontrava sob domínio dos turcos seldjúcidas) e reunificar o mundo cristão, dividido com a “Cisma do Oriente”. Estima-se que morreram aproximadamente dois milhões de pessoas.
          A Santa Inquisição teve seu início no ano de 1184, em Verona, com o Papa Lúcio III. Em 1198, o Papa Inocêncio III já havia liderado uma cruzada contra os albigenses (hereges do sul da França), promovendo execuções em massa. O pesquisador Justine Glass afirma que cerca de nove milhões de pessoas foram acusadas e mortas, entre os séculos que durou a perseguição.
          A peste negra, que assolou a Europa e a Ásia no século 14 (catorze). Também conhecida como peste bubônica, à doença apareceu em 1.348 e, em dois anos, matou um terço da população européia (estimada em 75 milhões de pessoas). A peste é transmitida por uma bactéria, que tem como vetor a pulga do rato.
          A primeira grande guerra mundial, de 1914 a 1918, foi um conflito mundial ocorrido entre 28 de Julho de 1914 e 11 de Novembro de 1918. A guerra ocorreu entre a Tríplice Entente (liderada pelo Império Britânico, França, Império Russo - até 1917 e Estados Unidos - a partir de 1917, que derrotou a coligação formada pelas Potências Centrais - liderada pelo Império Alemão, Império Austro-Húngaro e Império Turco-Otomano, e causou o colapso de quatro impérios e mudou de forma radical o mapa geopolítico da Europa e do Médio Oriente). Deixou um saldo de 19 milhões de mortos.




        A segunda guerra mundial, de 1939 a 1945 e o holocausto - A Segunda Guerra Mundial, iniciada setembro de 1939, foi a maior catástrofe provocada pelo homem em toda a sua longa história. Envolveu setenta e duas nações e foi travada em todos os continentes (direta ou indiretamente). O número de mortos superou os cinqüenta milhões havendo ainda uns vinte e oito milhões de mutilados.
           Holocausto de Hitler, saldo de mortos entre 5,6 e 6,1 milhões de judeus mortos no holocausto - Com a subida de Hitler ao poder estava instalada na Alemanha uma ditadura absoluta, que era alimentada por uma ideologia nazi racista (só existe uma raça superior - a raça ariana . As outras raças eram um fator de perturbação na sociedade e haveria que destruí-las ou então teriam de servir a raça superior), com isto começa uma perseguição aos Judeus . As SS haviam sido criadas como guarda pessoal de Hitler e seria a vanguarda do movimento nazi para confirmar o povo alemão como raça superior. O chefe das SS (Himmler) pediu aos alemães que seguissem as teorias genéticas nazis e melhorassem a raça. O Estado concedia empréstimos para encorajar os casais a terem mais filhos e as mães com muitos filhos recebiam medalhas.
          Acidentes de Trânsito - A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 1,3 milhão de pessoas morrem por ano, em todo o mundo, em razão de acidentes de trânsito
       AIDS: 25 milhões de pessoas já morreram e 2,7 milhões são contaminados a cada ano síndrome de deficiência imunológica adquirida ou síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é uma doença do ser humano sistema imunológico causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Esta condição reduz progressivamente a eficácia do sistema imunológico e deixa indivíduos suscetíveis a infecções oportunistas e tumores . O HIV é transmitido através do contato direto de uma membrana mucosa ou na corrente sangüínea com um fluido corporal que contêm o HIV, tais como sangue , sêmen , secreção vaginal , fluído preseminal , e leite materno .Esta transmissão pode envolver anal , vaginal ou oral sexo, transfusão de sangue , contaminados agulhas hipodérmicas , a troca entre a mãe e o bebê durante a gravidez , parto , amamentação ou outra exposição a um dos fluidos corporais acima.


CALENDÁRIO MACABRO
Confira os dez dias que mais mataram no planeta, além dos períodos mais funestos da história


23/1/1556
Número de mortos: 830 mil
Causa das mortes: Terremoto
Local: China


13/11/1970
Número de mortos: 500 mil
Causa das mortes: Ciclone
Local: Bangladesh


25/11/1839
Número de mortos: 300 mil
Causa das mortes: Ciclone
Local: Índia


20/5/526
Número de mortos: 250 mil
Causa das mortes: Terremoto
Local: Turquia


28/7/1976
Número de mortos: 242 mil
Causa das mortes: Terremoto
Local: Tangshan, China


16/12/1920
Número de mortos: 240 mil
Causa das mortes: Terremoto
Local: Haiyuan, China


26/12/2004
Número de mortos: 230 mil
Causa das mortes: Tsunami
Local: Índia


31/1/1942
Número de mortos: 229 mil judeus
Causa das mortes: Genocídio
Local: Europa


5/10/1948
Número de mortos: 110 mil
Causa das mortes: Terremoto
Local: Turcomenistão


28/12/1908
Número de mortos: 100 mil (entre 60 e 200)
Causa das mortes: Terremoto
Local: Messina, Itália!


Fonte - http://mundoestranho.abril.com.br/geografia/pergunta_425282.shtml


Bomba Atômica 


        Os EUA, por meio da ação militar da Força Aérea, sob ordens do presidente norte-americano Harry S. Truman, bombardearam as duas cidades japonesas nos dias 6 e 9 de agosto de 1945. Em Hiroshima foi jogada a bomba atômica “Little Boy” e, três dias depois, a bomba “Fat Man” em Nagasaki. Até os dias de hoje, as duas bombas foram as únicas armas nucleares utilizadas de fato numa guerra. Estima-se que cerca de 140.000 pessoas morreram em Hiroshima e 80.000 em Nagasaki, além das mortes ocorridas posteriormente aos ataques em decorrência da exposição radioativa.




          "O mundo é uma tragédia e nós somos sua comédia".
                                                 Prof.Osmar Fernandes
Osmar Soares Fernandes
Publicado no Recanto das Letras em 16/04/2011
Código do texto: T2912788

terça-feira, 12 de abril de 2011

Projeto conhecendo a nossa história



    Finalidade do projeto

         O projeto visa propiciar ao aluno de Escolas da Rede Pública Municipal e Estadual das cidades de Nova Londrina e Marilena/Pr., ganhar o livro através de sorteio em sala de aula (devidamente autorizado pela Direção da Instituição de Ensino) - o livro: “NOVA LONDRINA, RAINHA DO NOROESTE, 60 ANOS DE HISTÓRIA”.

          Os Livros sorteados são patrocinados pelos parceiros, colaboradores e incentivadores do projeto.

Agradecimentos:

          Eu, professor Osmar Soares Fernandes, venho a público agradecer a todos os parceiros, colaboradores e incentivadores da cultura, da leitura e da História de Nova Londrina e região.
               Através do projeto: CONHECENDO A NOSSA HISTÓRIA, sorteio nas escolas, o livro: NOVA LONDRINA, RAINHA DO NOROESTE, 60 ANOS DE HISTÓRIA.
              Agradeço ainda aos Diretores, funcionários e professores dos Colégios: Escola Estadual Vale do Tigre, Escola Municipal Arthur Bernardes, Colégio Estadual Ary João Dresch (Nova Londrina/PR), e o Colégio Estadual Princesa Izabel E.F.M de Marilena-Pr; que, abriram as portas da escola para que o projeto pudesse ser realizado.
          Agradeço aos alunos que me receberam de braços abertos, propiciando momentos históricos, profícuos e de conhecimentos.

Agradecimentos especiais:

- Auto-Posto Central;
- João Carlos da Incol;
- Supermercado Molina;
- Dr. Pedro Paulo de Mello;
- Cartório de Registro de Imóvel - Dr. Eder Jonas;
- Escritório Contábil Norteio;
- Miguel do Couro;
- Tabelionato Ferreira Pinto;
- Farmácia Santa Mônica;
- Ótica Visão;
- Casas Americanas;
- Fernando Veículos;
- Farmácia Santa Rita;
- Rações Nutrivel Ltda.;
- Dupé Calçados;
- Supermercado Horizonte;
- Gabriel das Bombas;
- Zé Mocin;
- Fec Lopes (Fecularia Lopes);
- Cofenorte Material de Construção;
- Isa Informática;
- Moema Auto Visão;
- Frankely - (Luiz da Água);
- Ferro Velho Cruzeiro do Sul;
- Supermercado Correntão;
- Drª. Inês Watanabe de Souza (Marilena);
- Nova Casa de Carne Bandeirante - Basso - (Marilena);
- José Nilton Cavalcanti Construções (Marilena);
- Supermercado Araras Marilena;
- Online Informática (Marilena);
- Bar Ouro Verde - D. Ilda (Marilena);
- Agrop. Sertaneja - Sr. José Carlos A. de Oliveira ( Marilena);
- Farmácia Marilena  - Dr. Silvestre V. de Carvalho (Marilena);
- Casa de Carnes Bom Paladar (Marilena);
- Bar e Mercearia Romanchela - Sr. Donizete (Marilena);
- Roda Viva - Sr. José Rodrigues de Oliveira (Marilena);
- Elite Informática & Lan House - Sr. Flávio Martins (Marilena);
- Supermercado Castelão (Marilena),
- Maripel (Papelaria Marilena).



          O projeto continua sendo exercido, quem quiser participar entre em contato pelo telefone: (044) 9838-6461.

              Incentivar a leitura é propiciar aos nossos estudantes o conhecimento para melhorar o futuro da Educação Brasileira.

     Compre o livro na papelaria Príncipe Encantado - Nova Londrina

O crime que chocou a telematurgia brasileira - 28 de dezembro de 1992

Tudo Sobre o Caso Daniela Perez

Quantcast

Guilherme de Pádua    Daniela Perez
Daniela Perez (Rio de Janeiro, 11 de agosto de 1970Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 1992) foi uma atriz brasileira, filha da autora de telenovelas Glória Perez.
Daniela tinha 22 anos quando foi assassinada pelo colega de trabalho, o ex-ator Guilherme de Pádua, e por sua mulher Paula Nogueira Thomaz, que a emboscaram e mataram com 18 golpes de punhal. O crime foi motivado pela ambição de Guilherme de Pádua, quando acreditou que Gloria Perez estivesse diminuindo seu papel na novela De Corpo e Alma, onde contracenava com Daniela.
Causou muita indignação à população brasileira o fato do casal de assassinos, poucas horas depois de atirar o corpo de Daniela num matagal, ter ido abraçar e prestar solidariedade à família dela, chegando à delegacia no próprio carro onde começaram a apunhalar Daniela.
Julgados e condenados por homicídio duplamente qualificado, com motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima, os dois cumpriram apenas seis dos 19 anos a que foram condenados.
A indignação popular que se seguiu a esse episódio resultou na alteração da legislação penal, graças aos esforços da mãe de Daniela, Glória Perez, que encabeçou uma campanha de assinaturas e conseguiu fazer passar a primeira iniciativa popular de projeto de lei a se tornar lei efetiva na história do Brasil.
Ainda que a mudança da lei não tenha atingido os assassinos de Daniela, a partir daí o homicídio qualificado passou a ser punido com mais rigor.

Carreira

  • 1989 – Kananga do Japão…. dançarina na abertura da novela
  • 1990 – Barriga de Aluguel…. Clô
  • 1991 – O Dono do Mundo…. Yara
  • 1992 – De Corpo e Alma…. Yasmin Bianchi
  • A SENTENÇA DE GUILHERME DE PÁDUA

“O réu Guilherme de Pádua Tomaz foi denunciado, pronunciado e libelado como incurso nas penas do art. 121 §2º, inciso 1 e inciso 4 do Código Penal Brasileiro, por ter no dia 28 de dezembro de 1992, no período noturno, em local erno existente na Barra da Tijuca, nesta cidade, fazendo uso de instrumento pérfuro-cortante, desferindo golpes em Daniela Perez Gazolla, causando-lhe, em conseqüência a morte, conforme descrito no auto de exame cadavérico de fls. 59/60. A acusação ainda envolve as qualificadoras do motivo torno e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.
(…)
Formulados os quesitos, conforme termo próprio o conselho de sentença acolheu integralmente a pretensão acusatória.
  • Assassinato

No dia 28 de dezembro de 1992 o casal Guilherme de Pádua e Paula Thomaz assassinou a atriz Daniela Perez com 18 golpes de punhal. Na época Guilherme e Daniela atuavam na telenovela da Rede Globo, De Corpo e Alma, escrita por Glória Perez, mãe de Daniella.
Os moradores de um condomínio de onde se podia avistar o local do assassinato ficaram assustados com a presença dos carros em local tão escuro e deserto e chamaram a polícia, enquanto um deles, o advogado Hugo da Silveira, saiu para anotar as placas.
O advogado anotou a placa adulterada do Volkswagen Santana que Guilherme de Pádua dirigia e pôde ver o rosto de Paula Thomaz, iluminado pelos faróis do carro.
Foi assim, através dessa informação, que a polícia identificou e prendeu o casal. Os dois assassinos tinham ido consolar a família da vítima, naquele mesmo dia e no próprio carro onde o crime foi cometido.
Na cadeia, Guilherme de Pádua contou inúmeras versões para o crime. E quando ficou claro que a defesa dos dois não chegaria a um acordo, decidiu acusar Paula Thomaz de tê-lo cometido sozinha, sendo que a defesa da sua ex-esposa fazia o mesmo.
  • Julgamento

A indignação popular que se seguiu a esse episódio, resultou na alteração, por iniciativa da autora Glória Perez, da Lei dos Crimes Hediondos: a partir daí, o homicídio qualificado (praticado por motivo torpe ou fútil, ou cometido com crueldade) passou a ser incluído na Lei dos Crimes Hediondos, que não permite pagamento de fianças e impõe que seja cumprido um tempo maior da pena para a progressão do regime fechado ao semi-aberto (em 2006, o Supremo Tribunal Federal considerou inconstitucional a proibição de progressão de regime[2]).
Em janeiro de 1997, o juiz José Geraldo Antônio condenou Guilherme a 19 anos de prisão. Em maio Paula foi condenada a 18 anos e meio.
Na prisão, Paula teve um filho de Guilherme, Felipe, que nasceu em 1993. Guilherme e Paula cumpriram pouco mais de 6 anos da pena.
Em face da decisão soberana dos senhores jurados, JULGO PROCEDENTE a pretensão punitiva estatal e CONDENO O RÉU GUILHERME DE PÁDUA TOMAZ nas penas do Art. 121, incisos 1 e 4 do Código Penal.
(…)
A conduta do réu exteriorizou uma personalidade violenta, perversa e covarde quando destruiu a vida e uma pessoa indefesa, sem nenhuma chance de escapar ao ataque de seu algoz, pois, além da desvantagem na força física o fato se desenrolou em local onde jamais se ouviria o grito desesperador e agonizante da vítima.

Demonstrou o réu ser uma pessoa inadaptada ao convívio social, por não vicejarem no seu espírito os sentimento de amizade, generosidade e solidariedade, colocando acima de qualquer outro valor a sua ambição pessoal.
Diante destas circunstâncias, onde se acentuam intenso grau de culpabilidade, impõe-se uma resposta penal condizente com a exigência da necessidade e suficiência para reprovação e prevenção do crime consoante determina o dispositivo legal norteador da aplicação da pena.
O acusado, em que pese sua personalidade antes retratada, é primário.Nestas condições, fixo a pena base em 19 (dezenove) anos de reclusão, tornando-a definitiva, ante a ausência de circunstância legal ou causa especial que justificariam sua alteração.
Condeno, ainda, o réu a pagar as custas do processo.
O regime prisional para o início do cumprimento da pena é o fechado.Recomende-se o réu na prisão onde se encontra, porque lhe nego o direito de recorrer em liberdade, pelas razões de sua custódia preventiva e também por força desta condenação.
Transitada em julgado, lance-se o nome do réu no rol dos culpados e expessa-se carta de sentença.Publicada nesta sessão plenária, intimada as partes, registre-se e comunique-se.
Rio de Janeiro, em 25 de janeiro de 1997
José Geraldo Antônio
Juiz Presidente


1992: Daniela Perez foi assassinada

Jornal do Brasil: Quarta-feira, 30 de dezembro de 1992
A mistura de ficção e realidade transformou-se em tragédia. A atriz Daniela Perez , de 22 anos, foi assassinada pelo ator Guilherme de Pádua, 23, a golpes de tesoura. Os dois viviam papéis de namorados na novela De corpo e alma, escrita pela mãe, Glória Perez.

Antes de confessar o crime, o ator havia simulado solidariedade à mãe da atriz, e ao marido de Daniela, o ator Raul Gazolla.

O corpo da atriz foi encontrado na Barra da Tijuca com perfurações no peito, barriga e pescoço, hematomas no rostos e arranhões.

A polícia chegou ao assassino graças a um advogado que anotou as placas do carros dos atores no local do crime e do depoimento do porteiro da Produtra Tycoon, onde era gravada a novela De corpo e alma. Segundo investigações, Daniela e Guilherme saíram da empresa na mesma ora, cada um em seu carro. O assassinato ocorreu logo depois.

À noite, uma nova versão da mulher do ator Guilherme de Pádua, Paula, de 18 anos e grávida de 4 meses, confessou estar presente no carro na hora do assassinato da atriz e viu tudo. Guilherme alegou que Daniela o assediava havia três meses com propostas amorosas, de acordo com a versão da mulher da Paula, ela foi para testemunhar o assédio.

A mãe de Daniela, a escritora Glória Perez, em estado de choque sintetizou sua dor: "Senti muito não ter conseguido fazer de minha filha a estrela que ela merecia ser".

Sob forte emoção, centenas de amigos e admiradores foram ao enterro de Daniela Perez. A presença de todo o elenco da novela das oito da Rede Globo atraiu cerca de 4 mil pessoas, o que transformou o sepultamento num cenário de histeria. Fãs queriam tocar em seus ídolos, pedir autógrafos e fotos.

Alterações na legislação penal

Guilherme e Paula foram presos e condenados por homicídio qualificado, a 19 anos de prisão. Os dois separaram-se oficialmente depois do nascimento do filho. Paula cumpriu pena por um ano e conseguiu liberdade condicional. Guilherme cumpriu um terço da pena e também conseguiu liberdade condicional. Ambos foram libertados em 1999. A indignação popular e a luta de Glória Perez resultou na alteração da legislação penal. Apesar da mudança da lei não ter atingido os assassinos de Daniela, o homicídio qualificado passou a ser punido com mais rigor a partir da vigência da lei.

Ratinho grava entrevista com Guilherme de Pádua em segredo

Foto: Divulgação
Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, foi entrevistado por Ratinho, no SBT. O ex-ator, que agora é pastor evangélico, entrou na emissora sem ser notado e com o nome de Guilherme Thomáz, informou a coluna “Olá”, do jornal “Agora São Paulo”. A entrevista foi feita há 15 dias e deve ser exibida na próxima quinta-feira (8).
O anúncio da matéria gerou indignação por parte de Glória Perez, autora de novelas e mãe de Daniella, que foi assassinada há 17 anos, com 18 golpes de tesoura. “Lastimável a atitude do Ratinho de levar o psicopata ao seu programa”, escreveu Glória em seu Twitter.




Daniela Perez. Foto: Divulgação

A autora Glória Perez usou seu blog para criticar a nova atividade de Guilherme de Pádua, assassino de sua filha, Daniela Perez, que virou pastor de uma igreja evangélica em Minas Gerais.
Para falar de Pádua, Glória Perez também usou como exemplo de “impunidade” o assassino da menina Miriam Brandão, que foi queimada por seqüestrados por supostamente ter chorado no cativeiro. “Um dos seus assassinos, o Wellington, teve a pena extinta e virou pastor: já é dono de três igrejas! Sequestrou, incendiou viva uma criança de 5 anos, e hoje ganha a vida contando seu feito!”, escreveu a autora.



Glória Perez, novelista. Foto: Divulgação

Glória complementou sua revolta da seguinte forma: “Aliás, Guilherme de Pádua também [é pastor]! Com todo respeito aos fiéis iludidos, parece que se tornou final de carreira para psicopatas assassinos, virar pastor!”, declarou Glória Perez que finalizou. “Bem que Jesus podia voltar a Terra e expulsar de novo, a chicotadas, esses vendilhões do templo!”.
Daniela Perez tinha 22 anos quando foi assassinada por Guilherme de Pádua e sua mulher na época, Paula Nogueira Thomaz, no dia 28 de dezembro de 1992. Daniela foi morta com 18 golpes de tesoura.
Fonte: Abril

domingo, 10 de abril de 2011

Quantas pessoas já viveram no mundo?

          Cerca de 107 bilhões - mais ou menos 16 vezes mais do que a população atual do planeta. O cálculo foi feito pelos pesquisadores do site Population Reference Bureau (www.prb.org), que reúne dados sobre demografia. Os números obviamente são bem aproximados, a começar pelo primeiro ano de vida humana na Terra: por falta de opção melhor, eles assumem que no ano 50000 a.C. havia dois habitantes no planeta - o primeiro homem e a primeira mulher. Daí em diante, a conta é dividida por períodos e se baseia na média de natalidade de cada um. Por exemplo:de 50000 a.C. pulamos para 8000 a.C., quando o homem descobriu a agricultura e a natalidade explodiu. Nesse intervalo, a população passou de 2 para 5 milhões de habitantes, seguindo uma taxa média de natalidade de 80 nascimentos a cada mil habitantes. Nos períodos seguintes a taxa de natalidade foi caindo até chegar aos atuais 23 nascimentos por milhar. Somando todos os períodos o prb.org chegou, em 2002, ao resultado de 106,4 bilhões de pessoas. Acrescentamos a esse número os dados mais recentes da ONU, que dá conta de que, em 2007, atingimos a marca de 6,7 bilhões de habitantes, ou seja, 485 milhões de pessoas a mais do que os 6,215 bilhões que existiam em 2002. Assim chegamos ao total de 106,941 bilhões de habitantes.

Quanta humanidade

Nos últimos 12 anos nasceu mais gente do que nos primeiros 42 mil anos de vida humana
Ano - 50000 a.C.
População - 2
Nascimentos entre os períodos - -
Ano - 8000 a.C.
População - 5 milhões
Nascimentos entre os períodos - 1 137 789 769
Ano - 1 d.C.
População - 300 milhões
Nascimentos entre os períodos - 46 025 332 354
Ano - 1200
População - 450 milhões
Nascimentos entre os períodos - 26 591 343 000
Ano - 1650
População - 500 milhões
Nascimentos entre os períodos - 12 782 002 453
Ano - 1750
População - 795 milhões
Nascimentos entre os períodos - 3 171 931 513
Ano - 1850
População - 1,265 bilhão
Nascimentos entre os períodos - 4 046 240 009
Ano - 1900
População - 1,656 bilhão
Nascimentos entre os períodos - 2 900 237 856
Ano - 1950
População - 2,516 bilhões
Nascimentos entre os períodos - 3 390 198 215
Ano - 1995
População - 5,760 bilhões
Nascimentos entre os períodos - 5 427 305 000
Ano - 2002
População - 6,215 bilhões
Nascimentos entre os períodos - 983 987 500
Ano - 2007
População - 6,7 bilhões*
Nascimentos entre os períodos - 485 000 000
TOTAL DE NASCIMENTOS ATÉ HOJE - 106 941 367 669
Fonte: Population Reference Bureau
*Estimativa da ONU

As cidades mais antigas do mundo e as mais antigas do Brasil

JERICÓ

 Jericó. Hebraico יְרִיחוֹ Árabe أريحا 
Significado "Perfumado" 
Fundada em 9000 a.C 
Governo Cidade (desde1994) Coordenadas 31° 51′ N 35° 27′ E População 20,400 (2006) 
Jurisdição  dunams 
Prefeito Hassan Saleh
Website www.jericho-city.org

          Jericó era uma cidade antiga do lado oeste do Rio Jordão. O nome Jericó pode ser ligado ao nome antigo do deus lua Cananita. O nome Hebreu que se refere a lua, mês, lua nova e Jericó são muito parecidos. Outros associam com as palavras espírito ou cheiro. Eles acham que os aromas agradáveis das frutas e especiarias que cresciam neste oásis tiveram influência ao dar nome ao lugar. O Velho Testamento ocasionalmente a chama de "a cidade das palmeiras" (por exemplo, Deuteronômio 34:3; 1 Crônicas 28:15).

                NO VELHO TESTAMENTO

          A Jericó do Velho Testamento, é mais conhecida como a primeira cidade tomada pelos Israelitas através do milagre da queda dos muros. Israel passou algum tempo na margem do Rio Jordão, nas planícies de Moab (Números 22:1; 26:3; 63). Lá eles definiram Jericó como o primeiro objetivo militar na conquista. Josué enviou espias para inspecionar a terra e a cidade. Raab, uma prostituta, deixou-os entrar e mais tarde os tirou de lá. Por causa de sua cooperação ela e a sua família foram poupada quando Israel destruiu a cidade (Josué 2:1; 6:1). A queda da cidade em si, se deu depois que os israelitas marcharam em volta dela em silêncio, exceto pelo barulho contínuo das trombetas, um vez ao dia por seis dias e depois sete vezes no sétimo dia. Ai então, quando os sacerdotes tocaram as trombetas, o povo gritou e os muros caíram.










          Falar de cidade antiga implicaria muitos estudos os quais ainda não dispomos, porém temos que lembrar que muitos lugares podiam ter aglomeração de pessoas semelhante à aldeias que posteriormente foram se fortificando e melhorando suas construções.
          Essa é uma característica em comum que representa o início das cidades mais antigas do mundo e, em fontes consideradas mais confiáveis, se localizam (ou se localizavam) em sua maioria no Oriente Médio, no vale do rio Indo, no atual Paquistão e no vale do rio Hoang-Ho na China.

          Vamos às cidades mais antigas:

1º Jericó, Ur, Uruk - todas com 5.000 A.C. sendo que Jericó encontra-se em mais fontes com idade superior a 5.000 a. C. Localizadas no atual Oriente Médio, nas proximidades de rios como o Jordão, Tigre e Eufrates.
2º Hierakonpolis (Egito), Nipúr, Eridu, Lagsch, Susa e Kisch – Oriente Médio , 4.000 a.C.
3º Anau (Rússia) 3.500 a.C.
4º Tróia (Turquia) 3.500 a.C.
5º Mohendjo Daro ( atual Paquistão)3.500 a.C.
6º Mênfis (Egito) 2.850 a.C.
7º Assur (Oriente Médio) 2.500 a.C.
8º Anyang (China) 2.000 a.C.

          Apesar dessas cidades serem as aceitas como as mais antigas, analisamos que a arqueologia às vezes peca em alguns aspectos e nada impede, pelos menos cientificamente, que cidades de idade semelhante sejam encontradas em outros pontos, principalmente na América, na Índia e no Sudeste Asiático, localidades onde outrora se desenvolveram poderosas civilizações. 
Segundo alguns historiadores, a primeira cidade foi Kish, seguida por Eridu, Nipur, Uruk e Lagash, estas cidades teriam dado origem as primeiras civilizações, que habitavam a Mesopotâmia, esta palavra deriva do grego e significa terra entre 2 rios, estes 2 rios eram o Rio Tigre e o Eufrates.

Segundo  "O GLOBO" as dez cidades mais antigas do mundo, são:


1 - Jericó


Estima-se que os primeiros habitantes chegaram a Jericó, na Cisjordânia, entre 9600 e 9000 a.C. A cidade, situada às margens do Rio Jordão, foi povoada e despovoada muitas vezes ao longo da sua História. Também passou por muitos domínios: Império Otomano, Reino Unido e Jordânia. Hoje, Jericó tem uma população de aproximadamente 20 mil habitantes e desde 1994 é administrada pela Autoridade Nacional Palestina.


2 - Damasco

Também conhecida como cidade dos jasmins, Damasco surgiu entre 9000 e 6300 a.C. Já foi dominada pelos otomanos e se estabeleceu como uma das principais rotas entre o Ocidente e o Oriente. Atualmente, possui 1,7 milhões de habitantes, é a segunda maior cidade da Síria e sede de governo e dos ministérios do país. Também tem um grande mercado e reúne bairros muçulmanos, cristãos e judaicos. Hoje está no centro da guerra civil síria.

3 - Biblos

A cidade do Líbano nasceu em 5000 a.C. Primeiro pertenceu aos fenícios, depois foi dominada pelos árabes, otomanos, entre outros. Pesquisadores consideram Biblos a cidade habitada ininterruptamente por mais tempo na história da humanidade. Atualmente, abriga cerca de dois mil habitantes e foi considerada Patrimônio Histórico pela Unesco em 1984, devido à sua importância histórica.

4 - Aleppo

Maior cidade da Síria, com mais de quatro milhões de habitantes, Aleppo é também a mais antiga do país. Ela fica situada na metade da rota comercial que une o Mediterrâneo e o Rio Eufrates. Historiadores acreditam que o assentamento começou entre 5000 e 4300 a.C. Na sua História, há vários registros de conflitos e ocupações, por persas, sírios, gregos e outros povos. Atualmente, a cidade tem sofrido sucessivos ataques por causa da Guerra Civil no país.

5 - Xian

Capital da Dinastia Qin entre 221 e 206 a.C, a cidade de Xian A cidade tem mais de 3,100 anos de história e era conhecida como Chang'an até a Dinastia Ming., se reunificou e se estabeleceu como uma das bases do Império Chinês. No século III conseguiu manter um certo status econômico, mas foi afetada por guerras e invasões. A cidade foi reconstruída durante o comando de Ming e está localizada em uma planície fértil, onde há oito rios e córregos. Atualmente, possui mais de três milhões de habitantes e no seu território se encontram os guerreiros de Terracota do imperador Qin Shi Huang.

6 - Gaziantep

Esta fortaleza da Idade Média também é conhecida como Antep e se caracteriza pela grande produção de vinhos e azeitonas. A cidade, uma das mais desenvolvidas da região, descende dos povos hititas e conta com influências turcas e otomanas. Os primeiros assentamentos ocorreram em 4000 a.C. e logo no início da ocupação, Gaziantep sofreu várias invasões. É a sexta maior cidade da Turquia e a população atual ultrapassa 200 mil pessoas.

7 - Plovdiv

Batizada originalmente como Philippopolis, Plovdiv, na Bulgária, começou a ser ocupada entre 4000 e 3000 a.C. e é considerada a cidade mais antiga da Europa. Durante a Idade Média, passou por diversos domínios. Depois da Segunda Guerra Mundial, o comunismo se instalou. Sua população atual supera os 300 mil habitantes, tornando-a a segunda mais povoada do país, depois de Sofía.

8 - Sidon

Terceira maior cidade do Líbano, historiadores estimam que Sidon foi estabelecida entre 4000 e 3000 A.C. Durante as Cruzadas, o povoado foi muito afetado por saques. É um terminal de oleoduto, e suas muralhas podem ser observadas a partir de diferentes pontos da cidade.

9 - Argos

Os primeiros vestígios de Argos são do período entre 3200 e 3000 a.C. Considerada a cidade mais antiga da Grécia, ela foi um dos centros comerciais mais importantes da região, mas foi ofuscada pelo desenvolvimento de Esparta. Só depois da Guerra da Independência, o território voltou para os gregos. Argos tem hoje cerca de 30 mil habitantes e é conhecida pelo cultivo de produtos cítricos, mas grande parte da cidade se encontra em ruínas.

10 - Beirute

Esta cidade do Líbano teve seus primeiros habitantes em 3000 a.C. Durante o século VI sofreu diversos terremotos, e já foi dominada por diferentes impérios, culturas e disputas religiosas. Hoje é considerada uma das cidades mais diversas do Oriente Médio e se destaca como um centro cultural. Tem várias universidades e uma população estimada em 1,8 milhão de habitantes.

Fonte http://infograficos.oglobo.globo.com/mundo/dez-cidades-mais-antigas-do-mundo/jerico-17691.html#description_text


O Brasil 

         É uma federação composta por 26 estados, um Distrito Federal (que contém a capital do país: Brasília) e conta com 5.570 municípios. Os estados têm administrações autônomas, coletam seus próprios impostos e recebem uma parte dos impostos cobrados pelo governo Federal. Eles têm um governador e um corpo legislativo eleitos, diretamente, pela população.

          Os estados e o Distrito Federal podem ser agrupados em regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. As regiões brasileiras são meramente geográficas e não divisões políticas ou administrativas. Embora definidas em lei, as regiões brasileiras são úteis, principalmente, para fins estatísticos, e também para definir a aplicação de recursos federais em projetos de desenvolvimento.









O território brasileiro é composto por 26 Estados e um Distrito Federal. Os Estados constituem as unidades de maior hierarquia dentro da organização político-administrativa do País. A localidade que abriga a sede do governo denomina-se capital.


 
ESTADOCAPITAL
AcreRio Branco
AlagoasMaceió
AmapáMacapá
AmazonasManaus
BahiaSalvador
CearáFortaleza
Distrito FederalBrasília
Espírito SantoVitória
GoiásGoiânia
MaranhãoSão Luís
Mato GrossoCuiabá
Mato Grosso do SulCampo Grande
Minas GeraisBelo Horizonte
ParáBelém
ParaíbaJoão Pessoa
ParanáCuritiba
PernambucoRecife
PiauíTeresina
Rio de JaneiroRio de Janeiro
Rio Grande do NorteNatal
Rio Grande do SulPorto Alegre
RondôniaPorto Velho
RoraimaBoa Vista
Santa CatarinaFlorianópolis
São PauloSão Paulo
SergipeAracaju
TocantinsPalmas

Os Estados brasileiros e o Distrito Federal estão divididos em cinco regiões no território nacional: Região Norte (Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), Região Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), Região Centro-Oeste (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal), Região Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro) e Região Sul (Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina).

Os dez povoados mais antigos do Brasil

                       Povoado é um pequeno número de pessoas que habitam em uma região. Um povoado é uma povoação constituída por poucas casas, ou seja, uma pequena povoação. É geralmente um assentamento humano rural que é demasiado pequeno para ser considerado uma aldeia, embora por vezes o termo é usado para um tipo diferente de comunidade. Outra característica que distingue os povoados das aldeias é o facto de nas aldeias as construções se articularem de modo a constituir vias de comunicação (ruas), enquanto que nos povoados as construções estão geralmente circundadas de uma parcela rural.

    Sinônimos de povoado para 3 sentidos da palavra povoado: Pequena localidade habitada: vilarejo, vila, povoamento, aldeota, arruado, póvoa, vilar, vilarinho, vilela, vileta,vilória, vilório, taba, maloca, vilota, aldeia, lugarejo, povoação, casal, núcleo, povo,aldeamento, aldeola, arraial, capela

          O mais correto é falarmos em "primeiros povoados", para evitar a confusão jurídica entre freguesia, distrito, vila, cidade e município - São Vicente foi a primeira vila, Salvador, a primeira cidade, por exemplo. Desse modo, os mais antigos povoados são:

1. Cananéia (SP) - 1531
2. São Vicente (SP) - 1532
3. Vila Velha (ES), Igaraçu (PE), Olinda (PE) - 1535
4. Pereira (Bahia, futura Vila Velha)/Nazaré (Maranhão)/Santos (SP) - 1536
5. Iguape (SP) -1537
6. Vila da Rainha (próxima ao rio Itabapuana, RJ) - 1538-39
7. Vitória (Ilha de Santo Antônio, ES) - 1540
8. Salvador (BA, 1ª capital do Brasil)/Itanhaém (SP) - 1549
9. Santo André da Borda do Campo (SP) - 1553
10. São Paulo (SP) - 1554

Fonte: João Bonturi, professor de história do Colégio Singular e do cursinho Singular-Anglo


         Reflita:

          Um município ou concelho é geralmente uma divisão administrativa urbana com estatuto corporativo e que, geralmente, possui governo e (ou) jurisdição próprios. O termo município também é usado para significar a instituição dirigente de um município, como uma prefeitura. Os municípios do Brasil são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. A sede do município é categorizada como cidade e possui o seu mesmo nome.
                


Continuo pesquisando...